Migrações: Polícia encontra 53 pessoas em camião na Macedónia do Norte

Lusa

Um grupo de 53 migrantes foi encontrado num camião intercetado pela polícia da Macedónia do Norte, que deteve o condutor por suspeita de pertencer a um gangue de tráfico de pessoas, anunciaram hoje as autoridades.

Num comunicado, a polícia explicou que o veículo foi parado durante uma ação de rotina na noite de quarta-feira perto da cidade de Valandovo, que fica próxima das fronteiras da Macedónia do Norte com a Grécia e a Bulgária.

Segundo as autoridades, o grupo de migrantes integrava 37 afegãos, 12 paquistaneses, dois indianos, um iraquiano e um egípcio e terá entrado ilegalmente na Macedónia do Norte a partir da Grécia.

O motorista do camião foi identificado como um homem de 43 anos natural da Macedónia do Norte.

Os migrantes foram transferidos para centros de detenção na capital, Skopje, e na cidade fronteiriça de Gevgelija, e espera-se que sejam deportados para a Grécia.

Embora a antiga rota de migrantes dos Balcãs, da Grécia para o norte da Europa, esteja fechada desde 2015, milhares ainda pagam grandes quantias aos contrabandistas para alcançarem o norte.

A polícia da Macedónia do Norte indicou que nas três primeiras semanas de janeiro foram detetados 1.365 migrantes que entraram no país ilegalmente.