Mulher amarrou o filho e colocou-lhe um saco na cabeça dentro de uma casa em chamas

Uma mãe foi detida depois de, alegadamente, ter colocado um saco na cabeça do seu filho de três anos e o ter atado dentro de um quarto da sua casa que estava em chamas, no passado domingo, no estado norte-americano da Califórnia, de acordo com o Notícias ao Minuto.

A mulher, Maricela Magana Ruiz, de 47 anos, foi também encontrada presa noutro quarto aquando da chegada dos bombeiros, que responderam a um incêndio na sala de estar da casa, por volta das 18h10 (02h10 de segunda-feira na Madeira), avança a mesma fonte.

Segundo o departamento de polícia de Santa Paula, citado pelo New York Post, tanto Maricela como o filho foram resgatados e levados para o hospital onde receberam assistência médica devido à inalação de fumo.

Posteriormente, as autoridades apuraram que fora a própria mulher a praticar os atos.

A motivação é, para já, desconhecida pelas autoridades e os investigadores estão ainda a tentar perceber se foi Maricela a atear o fogo intencionalmente.

Após a detenção, a mulher foi acusada de negligência infantil, tendo sido mais tarde libertada sob uma fiança de 50 mil dólares (cerca de 45 mil euros). O filho foi posto sob custódia do Serviço de Proteção de Menores, que irá determinar um local de acolhimento permanente.