Venezuela: Enquanto Maduro estiver no poder "não haverá eleições livres"

Lusa

A diretora executiva do Observatório dos Direitos Humanos do Centro de Estudos para a América Latina (CASCLA), Tamara Suju, disse hoje no Funchal que a Venezuela não terá eleições livres enquanto o Presidente Nicolás Maduro estiver no poder.

"Nunca haverá eleições livres com Maduro no poder", sublinhou numa conferência promovida pela Universidade da Madeira.

Tamara Suju defendeu o reforço da pressão e das sanções à Venezuela por parte da União Europeia e da comunidade internacional para derrubar o regime de Nicolás Maduro que, disse, subsiste graças à repressão e tortura, física e sexual, sobre os cidadãos.

A palestrante considerou ainda que quem partilha relações com o regime bolivariano "é cúmplice" de Nicolás Maduro.

A crise política, económica e social na Venezuela agravou-se em janeiro passado, quando o líder do parlamento, o opositor Juan Guaidó, jurou assumir as funções de Presidente interino do país, até conseguir afastar Nicolás Maduro do poder, convocar um governo de transição e eleições livres e transparentes no país.