Mulher usava heroína para adormecer filha bebé de um ano. Criança acabou por morrer

Uma mulher matou a sua filha bebé de um ano ao esfregar 15 vezes resíduos de heroína nas gengivas para a ajudar a adormecer, em Bangor, no Reino Unido.

Segundo avança o jornal Mirror, citado pelo Correio da Manhã, Kimberly Nelligan, de 33 anos, foi a tribunal negar as acusações de abuso de menores e porte ilegal de drogas. No entanto, confessou usar heroína uma vez por semana durante os últimos dois meses.

De acordo com a mesma fonte, a mulher já havia feito o mesmo com os seus dois filhos mais velhos, alegando que pensava ajudar as crianças a dormir melhor.

As investigações por parte das autoridades continuam. A bebé ficou intoxicada com os resíduos e acabou por não resistir.

"São casos muito sérios, muito difíceis e, em alguns casos, a lei não é propriamente transparente nestes casos", sublinhou o juiz.