Morreu criança que ficou paralisada após comer hambúrguer

O menino de 10 anos, de nacionalidade francesa, que ficou paralisado após comer um hambúrguer contaminado comprado num supermercado Lidl, em 2011, morreu este sábado, sucumbindo a uma paragem cardíaca.

Segundo avança o jornal Le Fígaro, a vítima não resistiu a várias circurgias, tendo ficado com os membros deformados e os ossos partidos, sendo que também não conseguia comer, engolir ou falar.

Nolan Moittie morreu no sábado de manhã não resistindo à intoxicação", disse Florence Rault, advogado do menino e da família, à AFP.