Julian Assange vai continuar detido em Londres

Uma juíza britânica decidiu hoje que o ativista australiano Julian Assange vai permanecer na prisão enquanto aguarda o julgamento, em fevereiro, que decidirá a sua eventual extradição para os Estados Unidos.

Assange, 48 anos, deveria sair da prisão HMP Belmarsh, a oeste de Londres, em 22 de setembro, e após cumprir uma sentença por ter violado as condições da sua liberdade condicional no Reino Unido em 2012.

No decurso de uma deslocação à Corte de Magistrados de Westminster, a juíza Vanessa Baraitser decidiu que o fundador do WikiLeaks permanecerá privado de liberdade devido ao seu “historial de evasão”.