Filho de Bolsonaro foi visitar o pai ao hospital...e levou uma arma de fogo à cintura

Eduardo Bolsonaro, um dos três filhos do Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, visitou o pai na noite desta segunda-feira, internado após uma cirurgia de correção de uma hérnia, e aproveitou para tirar uma foto ao lado do progenitor e colocá-la na rede social Instagram.

Uma imagem onde é bem visível a pistola que Eduardo Bolsonaro transporta consigo, à cintura.

"Tudo bem com Jair Bolsonaro. Mais uma vez agradecemos à equipe médica que realizou a cirurgia e todos que oraram, rezaram ou de alguma maneira enviaram energias positivas. Deu certo”, disse Bolsonaro (filho) na publicação na rede social.

A pistola, um modelo Glock 9mm de cor preta, é a arma padrão da Polícia Federal (PF) brasileira. O deputado pelo Estado de São Paulo tem o direito ao porte de arma por ser um oficial de Justiça licenciado pela PF — além disso, é, também, praticante de tiro ao alvo.

Eduardo Bolsonaro é um dos candidatos ao cargo de embaixador do Brasil em Washington, nos EUA, e foi indicado pelo pai num processo que causa controvérsia desde julho.

Em nota à imprensa brasileira, assim como ao jornal O Globo, citada pelo Observador, o hospital Vila Nova Star, onde o Presidente se encontra internado, declarou que “acolhe integralmente a legislação legal brasileira. Cabe citar, além disso, que as normas de segurança que regem a internação do Senhor Presidente da República, Jair Bolsonaro, neste hospital são de responsabilidade do Gabinete de Segurança Institucional, a quem as questões devem ser dirigidas.”