Google denuncia sites maliciosos que invadiam iPhones durante anos

A divisão de segurança da Google, o Project Zero, revelou que vários sites maliciosos invadiam sorrateiramente todos os iPhones que fossem usados para os visitarem.

Os sites em questão tiravam partido de vulnerabilidades desconhecidas, informa o Notícias ao Minuto.

“Uma simples visita ao site era suficiente para o servidor atacar o dispositivo e, se fosse bem-sucedido, instalar um implante de vigilância”, revela um dos investigadores do Project Zero, Ian Beer. O mesmo investigador adianta que esta prática foi mantida “por um período de pelo menos dois anos”.

Os ataques foram usados para roubar fotografias e mensagens das vítimas, assim como rastrear a respetiva localização dos iPhones praticamente em tempo real. Beer aproveitou também para notar que podem estar a decorrer outras campanhas de hacking e alerta que podem ser tão eficazes quanto esta.