Indonésia: Homem acusado de violar nove crianças vai ser castrado

Um cidadão indonésio será o primeiro no seu país a ser condenado à castração química depois de ter sido considerado culpado da violação de nove raparigas.

Os crimes terão acontecido entre 2015 e 2018, em Mojokerto, escreve o Notícias ao Minuto.

Muh Aris bin Syukur foi condenado por um tribunal em Java Oriental sob o Regulamento Presidencial, o qual autoriza os juízes a aprovar a pena de morte e a castração química para pedófilos condenados.

Na altura, o presidente Joko Widodo acreditava que esta nova lei permitiria acabar com os crimes de violência contra crianças. Contudo, os médicos continuam a recusar-se a efetuar o procedimento, uma vez que alegam que viola a sua ética profissional.

Por este motivo, ainda não foi estabelecida a data para a castração de Muh Aris bin Syukur.