Solidários com a Amazónia, Ronaldo, Dicaprio e Madonna partilham imagens falsas da tragédia

Os incêndios na floresta amazónica têm gerado uma onda de comoção e solidariedade. Ontem, várias celebridades partilharam fotografias e vídeos com a hashtag #PrayForAmazonia, de forma a demonstrar o seu apoio à campanha que tenta pressionar o governo brasileiro a garantir a preservação da floresta.

De Ronaldo a Madonna. Famosos solidários com desastre na Amazónia publicam imagens falsas do 'pulmão da terra'

Entre janeiro e julho de 2019, foram registrados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) pelo menos 15.924 focos de queimadas na Amazónia, o que representa um crescimento de 35,6% em relação ao período homólogo de 2018.

Mas algumas das imagens que aparecem nas contas das redes sociais dos famosos não são atuais, ou nem sequer foram capturadas na Amazônia.

Por exemplo, a imagem publicada por Cristiano Ronaldo é antiga e não foi registada na Amazônia. Segundo a ‘Agência Lupa’, a foto é de 27 de março de 2013 e foi tirada pelo fotógrafo brasileiro Lauro Alves na Estação Ecológica do Taim, no sul do Rio Grande do Sul. No Instagram de Ronaldo, tem mais de 6,5 milhões de gostos.





Mesmo o presidente francês, Emmanuel Macron, publicou no Twitter e no Instagram uma fotografia antiga.





De acordo com a mesma fonte, a foto publicada no Instagram e no Twitter pela cantora Madonna foi tirada em 1989 e encontra-se disponível no banco de imagem Shutterstock, sem autor identificado. A publicação de Madonna no Instagram já recebeu 90 mil gostos. Já no Twitter, foram 11,7 mil gostos e quase 4 mil partilhas.





Já a publicação de DiCaprio teve mais de 3,5 milhões de gostos. A imagem foi capturada em 1989, pelo fotojornalista americano Loren McIntyre, que faleceu em 2003. Está disponível no banco de imagens Alamy e já aparecia em publicações na internet desde, pelo menos, 2013.