Insólito: Mulher impedida de viajar devido ao decote

Em Palma de Maiorca, Espanha, uma jovem de 24 anos foi, este domingo, proibida de entrar num avião da companhia aérea ‘Vueling’ devido à roupa que tinha vestida, informou o Correio da Manhã.

A jovem vestia, de acordo com a companhia aérea, um body que era demasiado decotado e parecia um “fato de banho”.

Segundo o JN, várias pessoas ofereceram peças de roupa a Laura, para que pudesse viajar. No entanto, a passageira foi mandada de volta ao terminal, onde a polícia estava à espera.

Face às acusações, a Vueling garantiu ter impedido a entrada da mulher no avião não pela roupa que usava, mas sim pela atitude "abusiva" e "comportamento depreciativo" para com os membros da companhia aérea, acrescenta a mesma fonte.

A mulher denunciou a situação nas redes sociais, surgindo comentários como: "será que esta situação acontecia se fosse um homem a vestir um fato de banho? Não” e “Estamos na Arábia saudita?”.

A companhia aérea declarou no Twitter que "as condições de viagem são iguais para homens e mulheres e destinam-se a defender e proteger a segurança de todos os passageiros".

Num vídeo divulgado pela irmã de Laura, contatam-se alguns momentos de tensão deste episódio: