Praia em Itália bombardeada por pedras de gelo do tamanho de laranjas (Com vídeo)

O leste de Itália foi esta semana afetado por um fenómeno extremo de mau tempo, que resultou em 18 pessoas feridas devido à queda de pedras de gelo, algumas com o tamanho de laranjas.

De acordo com Antonello Pasini, meteorologista citado pela Agência Ansa, este episódio deve-se à ausência da habitual proteção do anticiclone dos Açores na região do Adrático.

"Outrora, estes fenómenos ocorriam apenas após meados de agosto porque o anticiclone nos protegia dessas perturbações, mas agora as correntes de ar alteraram-se. Alguns ciclones mais quentes estão a atingir-nos como o líbio, por isso não só vamos ter mais ondas de calor como também episódios meteorológicos mais extremos", explicou Antonello Pasini.

O episódio foi particularmente preocupante numa praia de Tortoreto, onde caíram pedras de granizo que provocaram ferimentos em 18 banhistas.

Para além da queda de granizo, as chuvas fortes também provocaram inundações, com o nível da água a atingir os dois metros de altura.

Veja o vídeo.