Autópsia conclui que pequeno Julen morreu devido à queda no poço


Está descartada a possibilidade da criança ter falecido na sequência das ações de resgate.

A autópsia realizada a Julen, menino de dois anos que morreu depois de cair num poço em Málaga, Espanha, determinou que a criança morreu ao cair no poço, lê-se em publicação do El País.

A criança morreu por volta das 13h50 do dia 13 de janeiro e, devido à queda, sofreu um traumatismo cranioencefálico, segundo avançam as autoridades espanholas.