Já conhece Greta Thunberg, a jovem que inspirou greve pelo planeta? (vídeo)

Redação

Milhares de jovens portugueses de norte a sul do país e ilhas aderiram hoje à greve climática estudantil mundial, participando no movimento que uniu alunos de todo o mundo pela mesma causa: A defesa do planeta.

Em agosto passado, Greta Thunberg (no vídeo) iniciou a primeira greve escolar numa sexta-feira, sozinha em frente ao Parlamento sueco, tendo depois proferido uma palestra na TEDx, em Estocolmo subordinada ao tema: “porque hei de preparar-me para um futuro que pode não existir?”



Em dezembro do ano passado, acabou por discursar na Cimeira do Clima da ONU, num momento em que acusou os líderes mundiais de não serem “suficientemente maduros para encarar os factos e deixarem o peso das alterações climáticas para as crianças”.

Já este ano, mais precisamente em janeiro, durante o Fórum Económico Mundial de Davos, a jovem sueca, sem ‘papas na língua’, foi ainda mais corrosiva: “Eu não quero que sejam esperançosos, quero que entrem em pânico. Quero que sintam o medo que eu sinto todos os dias e depois quero que ajam”. Esta semana, Greta foi nomeada candidata ao Prémio Nobel da Paz.

Os alertas de Greta acabaram por inspirar jovens por todo o planeta. Esta sexa-feira, centenas de milhares de estudantes de 112 países, desde a Suécia ao Uganda, saíram à rua para protestar contra a inação dos governos no combate ao aquecimento global, num protesto em que os jovens portugueses fizeram questão de juntar a sua voz.