Possibilidade de chuva preocupa autoridades nas buscas por Julen

A previsão de chuva para Málaga a partir das 14h00 de amanhã está a preocupar as autoridades que procuram Julen, o menino que caiu num poço e que se encontra desaparecido há quase quatro dias.

Na quarta-feira foram iniciados trabalhos de construção de dois túneis, um paralelo ao poço e outro oblíquo, para tentar chegar ao local onde as autoridades julgam estar Julen, a 80 metros de profundidade.

A criança, de dois anos, caiu no domingo num poço junto à necrópole da Tumba Del Moro, local turístico em Málaga, na região da Andaluzia.

Uma centena de pessoas participam da operação de resgate da criança desde as 14h00 de domingo, quando o pai do menino e o serviço 112 avisaram a Guarda Civil que ele tinha caído no poço, um buraco para prospeção e busca de água naquela zona de serra.

Para o local foram destacados elementos do serviço 112, do Consórcio Provincial de Bombeiros, Proteção Civil, a Equipa de Resgate e Intervenção de Montanha (EREIM) de Álora e Granada, submarinistas e bombeiros de Málaga.

Algumas empresas privadas estão a ajudar nas buscas fornecendo equipamento para tentar localizar a criança.