Encontrados 20 cadáveres dentro de veículos no nordeste do México

As autoridades mexicanas encontraram 20 corpos, 17 deles queimados dentro de veículos, no município de Miguel Aleman, no Estado de Tamaulipas, no nordeste do país, anunciaram hoje fontes oficiais.

O incidente ocorreu na quarta-feira nos arredores de Ejido Refugio Hinojosa, pertencente ao município de Miguel Aleman, perto da fronteira com os Estados Unidos, indicou a Procuradoria estadual.

Em comunicado, as forças do Exército e do Estado relataram a descoberta "na área de 17 cadáveres queimados e outros três sem calcinação", além de "quatro veículos todo-o-terreno e uma viatura ligeira incinerada".

Alguns dos mortos usavam roupas de camuflagem de estilo militar e envergavam coletes à prova de balas e equipamentos táticos.

O Presidente do México, Manuel Lopez Obrador, afirmou hoje que os assassínios parecem ter sido parte de uma disputa entre gangues, acrescentando que os detalhes do incidente serão divulgados assim que todas as informações sejam recolhidas.

Atualmente, o grupo de crime organizado Cartel do Golfo mantém o controlo dessa área, onde operam os membros do Cartel do Nordeste, a divisão Los Zetas.

O Estado de Tamaulipas, que faz fronteira com os Estados Unidos, é uma das regiões mais perigosas do México onde frequentemente ocorrem confrontos entre o crime organizado e as forças de segurança.