Itália declara estado de emergência em várias regiões devido ao mau tempo

O Conselho de Ministros italiano declarou hoje estado de emergência em várias regiões e duas províncias autónomas e decidiu mobilizar cerca de 250 milhões de euros para responder aos danos provocados pelo mau tempo, que já causou 30 mortos.

O Conselho de Ministros decidiu declarar o estado de emergência nas regiões de Calabria, Emilia-Romagna, Friuli-Venezia-Giulia, Lazio, Liguria, Lombardia, Sardenha, Sicília, Toscana e Veneto e nas províncias autónomas de Trento e Bolzano.

Além disso, concordou em mobilizar de imediato 53,5 milhões de euros para fazer frente às primeiras operações, enquanto nos próximos dias é esperado que se somem 200 milhões de euros, o que ajudará a resolver a situação, enquanto se aguarda a quantificação final dos danos.

A forte tempestade que afetou a Itália desde 02 de outubro já causou 30 mortes.

As autoridades italianas descobriram nas últimas horas o corpo de um médico que desapareceu em Corleone, na província de Palermo, após cinco dias de buscas.

O ministro da Infraestruturas de Itália, Danilo Toninelli, quantificou recentemente os danos em 3.000 milhões de euros.