Atletas de culturismo fogem de torneio após chegada de brigadas antidoping

Foi suspensa, no último fim-de-semana, em Espanha, a 2.ª edição da Taça Euskadi de fisioculturismo e fitness.

Isto porque a maior parte dos pacientes abandonou o evento, quando souberam que iam ser controlados por elementos da brigada antidoping.

Segundo comunicado, divulgado pela Agência Basca Antidopagem (ABA) e citado pelo jornal Correio da Manhã, elementos da brigada antidoping apresentaram-se no local da competição "sem aviso prévio", e já depois de se terem realizado as pesagens.

Quando se aperceberam da presença dos agentes, a maior parte dos participantes abandonou o local obrigando à suspensão da prova.

A ABA esclareceu que o “abandono pode não estar relacionado com a presença dos agentes das brigadas antidopagem", instigando, no entanto, os organizadores a se certificarem junto dos participantes o motivo pelo qual deixaram a competição.