UE vai ajudar com 560 milhões de euros a Síria, Líbano e Jordânia em 2018

Lusa

A União Europeia (UE) vai destinar, em 2018, 560 milhões de euros para ajuda humanitária à Síria, bem como ao Líbano e Jordânia, anunciou hoje a responsável pela diplomacia da UE, Federica Mogherini, numa conferência em Bruxelas.

“Comprometemo-nos hoje a disponibilizar 560 milhões de euros em 2018 para o Líbano e a Jordânia [países que acolhem milhares de refugiados sírios] e para ajuda humanitária à Síria”, disse Mogherini, intervindo no segundo e último dia de uma conferência internacional sobre a Síria.

Salientando que a UE tenciona manter o nível de ajuda em 2019, a Alta Representante para a Política Externa da UE disse que, em 2016, os 28 desembolsaram toda a ajuda monetária com que se tinham comprometido e farão o mesmo este ano.

Mogherini adiantou ainda ser fundamental que a ajuda financeira seja eficaz no terreno, sendo necessário “garantir o acesso total dos trabalhadores humanitários na Síria”.

A guerra civil na Síria começou em março de 2011 e provocou já cerca de 350 mil mortos e milhões de deslocados e refugiados.