EUA dão “boas-vindas” a novo chefe de governo paquistanês

Os Estados Unidos da América deram hoje as “boas-vindas” ao novo chefe de governo do Paquistão, Imran Khan, que tomou posse em Islamabad, desejando “paz e prosperidade” naquele país e região asiáticos.

“Reconhecemos e damos as boas-vindas ao primeiro-ministro eleito do Paquistão, que prestou juramento”, lê-se em nota do Departamento de Estado norte-americano.

O texto, citado pela agência noticiosa espanhola EFE, acrescenta que os responsáveis de Washington querem trabalhar com o executivo paquistanês para “promover a paz e a prosperidade no Paquistão e na região”.

Imran Khan, um dos atletas mais famosos do Paquistão, pelo qual ganhou o campeonato do mundo de críquete, em 1992, assumiu hoje o cargo de primeiro-ministro paquistanês numa cerimónia em Islamabad.

Khan é o 22.º líder desta potência nuclear de 205 milhões de habitantes desde a sua fundação, em 1947. Nenhum dos seus antecessores conseguiu terminar o respetivo mandato de cinco anos.

O político de 65 anos é um nome que rompe com a tradicional alternância no poder da Liga Muçulmana do Paquistão, do ex-primeiro-ministro agora detido Nawaz Sharif, e do Partido Popular do Paquistão, de Bilawal Bhutto.

As relações bilaterais entre EUA e Paquistão encontram-se tensas após declarações do presidente norte-americano, Donald Trump, em janeiro, nas quais acusou o país asiático de permitir a presença no seu território de grupos terroristas que atuam no Afeganistão.