Estação de metro de Westminster reaberta após levantado alerta por causa de ataque

Lusa

A estação de Westminster do metro de Londres, próxima do parlamento britânico, reabriu ao início da tarde de hoje, depois de levantado o alerta de segurança instaurado na sequência de ataque de um homem, que atropelou várias pessoas.

Depois do aparente ato intencional descrito pelas autoridades, a estação tinha sido encerrada após o homem ter atropelado vários ciclistas e peões, antes de chocar contra as barreiras de segurança do parlamento britânico.

Da ação, que está a ser investigada como ato terrorista, resultaram três feridos, dos quais apenas uma mulher se encontra hospitalizada.

De acordo com a autoridades, as vítimas do suposto atentado, ocorrido às 07:37 locais (mesma hora em Lisboa), não correm perigo de vida.

O homem foi detido pela polícia junto à viatura em que seguia e que chocou contra as barreiras colocadas depois do atentado de março de 2017 na mesma zona, que provocou cinco mortos.