Veja a imagem do beijo que fez o ódio entre União Europeia e EUA passar a "amor"

Após a reunião com Jean-Claude Juncker, que ditou um princípio de acordo sobre o conflito comercial entre Washington e Bruxelas, Donald Trump não resistiu em partilhar no Twitter a fotografia de um beijo que o presidente da União Europeia lhe deu na Casa Branca.

“Obviamente, a União Europeia e os Estados Unidos da América adoram-se“, escreveu o presidente norte-americano, que ainda há uma semana, na Escócia, chamava “inimigo" à União Europeia.

No total, Trump escreveu seis tweets sobre o acordo com Juncker . O presidente dos EUA disse ter sentido um ambiente “caloroso” na sala onde se reuniu com o presidente da Comissão Europeia e onde ambos chegaram a acordo sobre as taxas alfandegárias.

Ora veja a fotografia do beijo (note-se que em países como o Luxemburgo, é habitual os homens cumprimentarem-se deste modo).