Brexit: Primeira-ministra britânica agradece contribuição de ministro demissionário

Lusa

A primeira-ministra britânica agradeceu hoje a contribuição do ministro do Brexit David Davis, que apresentou a demissão em desacordo com Theresa May sobre a relação comercial com a UE depois da saída do Reino Unido.

Numa carta dirigida a David Davis, May saudou a contribuição "para algumas das legislações mais importantes" para futuras gerações.

David Davis, eurocético nomeado há dois anos para chefiar um Ministério criado após o voto britânico para deixar a UE [Brexit], declarou que "o interesse nacional exige um ministro do Brexit que acredite seriamente na perspetiva" do Governo, de acordo com um correio enviado a Theresa May para justificar a demissão.

De acordo com os meios de comunicação social britânicos, Davis demitiu-se 48 horas depois de May ter anunciado que o Governo tinha concordado com um plano para manter algumas ligações com a UE depois da saída do Reino Unido, prevista para o próximo ano.

A renúncia de David Davis foi seguida pelo secretário de Estado do ‘Brexit’, Steve Baker, indicou a edição 'online' do jornal britânico The Telegraph, que admitiu uma onda de demissões no Governo de May.

David Davis tem sido uma voz forte da defesa do 'Brexit' no Governo britânico, que tem estado dividido entre os apoiantes de uma 'saída limpa' da UE e aqueles que querem manter ligações próximas ao bloco europeu.

Os 'pro-Brexit' têm criticado Theresa May por considerarem que os planos da primeira-ministra mantêm o Reino Unido demasiado perto da UE, o que limita a capacidade do país para avançar com novos acordos comerciais.