Itália satisfeita com resultados de mini-cimeira sobre imigração

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, afirmou-se hoje “decididamente satisfeito” com os resultados da mini-cimeira informal sobre imigração, que considerou ter dado “a direção correta” ao debate.

“Terminou a reunião informal sobre o tema da imigração em Bruxelas e regressamos a Roma decididamente satisfeitos. Demos a direção correta ao debate atual. Encontramo-nos na quinta-feira no Conselho Europeu”, escreveu Conte na sua conta na rede social Twitter, após sair do encontro, sem prestar declarações à imprensa.

Conte apresentou hoje aos seus homólogos europeus que participaram no encontro num novo plano para abordar o problema, que inclui a criação de centros nos países de trânsito, onde se decida antecipadamente quem tem direito ao asilo na Europa.

A cimeira informal contou com a participação de líderes de 16 países da União Europeia e foi convocada pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, a poucos dias do próximo Conselho Europeu (dias 28 e 29).

Ausentes estiveram os países do Grupo de Visegrado - Hungria, Eslováquia, Polónia e República Checa.

O tema das migrações domina a agenda do Conselho Europeu e divide os Estados-membros, nomeadamente no que respeita às regras para acolhimento de refugiados e concessão de asilo.