Trump afirma que Kim é "sério" quando afirma querer desnuclearizar Coreia do Norte

Lusa

O Presidente dos Estados Unidos disse hoje que o líder Kim Jong-un é "sério" na vontade de desnuclearizar a Coreia do Norte.

"Penso que ele é sério. Penso que ele é absolutamente muito sério", disse Donald Trump, ladeado pelo Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, em visita a Washington.

Em março deste ano, Kim Jong-un manifestou a disponibilidade da Coreia do Norte para iniciar negociações com os Estados Unidos, para o abandono do programa de armas nucleares norte-coreano e suspender todos os testes com mísseis balísticos.

A Coreia do Norte considerou que não há necessidade de manter o programa nuclear desde que não exista uma ameaça militar contra o país e que seja garantida segurança ao regime de Kim Jong-un.

Em 1993, a Coreia do Norte abandonou o Tratado de Não Proliferação Nuclear e, em 2006, realizou um teste nuclear.

Três anos depois, a Coreia do Norte realizou o segundo teste nuclear, enquanto um terceiro ocorreu em 2013.

Em 2017, os norte-coreanos ensaiaram mísseis intercontinentais, que poderiam atingir os Estados Unidos.

O programa nuclear norte-coreano, que levou as Nações Unidas e os Estados Unidos a aplicarem sanções, tem provocado tensões entre as duas Coreias, os Estados Unidos e o Japão.