França planeia grande campanha de vacinação entre abril e junho

Lusa

A França está a planear uma grande campanha de vacinação para o público em geral entre abril e junho, depois de uma primeira vaga dirigida às pessoas mais vulneráveis, anunciou hoje o Presidente francês, Emmanuel Macron.

No início de 2021 haverá "uma primeira campanha de vacinação muito direcionada, com vacinas de primeira geração", para as pessoas mais vulneráveis, disse o governante francês numa conferência de imprensa onde teve ao seu lado o primeiro-ministro da Bélgica, Alexander de Croo.

Depois, "entre abril e junho" haverá uma campanha mais alargada, para o público em geral, com o objetivo de vacinar o maior número possível de pessoas", acrescentou Macron, citado pela agência de notícias francesa, a AFP.

De acordo com os últimos números disponíveis, a França registou, entre domingo e segunda-feira, 408 mortes em meio hospitalar atribuídas a covid-19, elevando o número total de mortos desde o início da pandemia para 52.731.

O número de novos casos de contágio no país foi de 4.005 entre domingo e segunda-feira, tendo assim sido já confirmados 2.222.488 casos de covid-19 em França.

Há atualmente 28.258 pessoas hospitalizadas devido ao vírus e 3.751 destes pacientes estão internados nos cuidados intensivos, mas o número de pessoas hospitalizadas e pessoas em estado grave continua a descer no país.