Jornadas Madeira: Eduardo Jesus exige transparência na aplicação

Questionado por Deodato Moniz sobre a taxa turística, Eduardo Jesus reiterou o que havia dito, em entrevista recente ao JM, considerando que tem de haver na transparência na aplicação da mesma e sobre a entidade que a gere.

O secretário entende que não há na Madeira nenhuma informação clara sobre a aplicação da verba cobrada e que isso cria desconfiança nos turistas.

Sobre a formação para além da proporcionada pela Escola Hoteleira, outra pergunta de Deodato Moniz, Eduardo Jesus diz que existe dentro das empresas regionais, nomeadamente no setor do turismo, e na UMa.