Jornadas Madeira: "Cultura tem de estar sozinha porque tem de ser dignificada"

Carla Ribeiro

Sandro Nóbrega, docente e elemento do grupo 'Amigos do Teatro', apontou a necessidade de se esbater as barreiras que se prendem com as acessibilidades às áreas culturais. Falou também da importância de facilitar os transportes às escolas para que estas possam levar as suas crianças aos sítios culturais.

O professor entende que há crianças que não conseguem chegar aos sítios devido ao facto de haver barreiras físicas. Reconheceu que o Teatro Municipal Baltazar Dias tudo tem feito no sentido de ser acessível a todos. Perguntou também se não faria mais sentido a educação e cultura estarem juntas no pelouro na Câmara do Funchal. Sandra Nóbrega, do Teatro, respondeu de imediato: a Cultura tem de estar sozinha porque tem de ser dignificada.