Jornadas 2019: "Foi obra deste Executivo reduzir a carga fiscal"

Reagindo à intervenção do vereador Jorge Vale, do PSD, que dissera que "equidade seria a Câmara devolver mais rendimentos às famílias", Miguel Silva Gouveia afirmou que "foi obra deste Executivo reduzir a carga fiscal".

"No ano passado, só em IRS, o Governo Regional cobrou mais oito milhões de euros, e em IRC cobrou mais algumas dezenas de milhões de euros. Por isso não podemos pedir uma coisa ao Funchal quando não o fazemos em casa", disse, acrescentando que "nas Câmaras não existe lucro". "Temos 10 milhões de euros em caixa para fazer face aos pagamentos a fornecedores", clarificou, adiantando ainda que "é essa visão que nos permite perceber o porquê de a Câmara ter chegado a ter dívidas de 111 milhões de euros a fornecedores".

"Se querem baixar os impostos, o Governo Regional que os baixe em toda a Região, porque ainda estamos com impostos ao nível do Plano de Ajustamento Económico Financeiro", concluiu.