Jornadas JM: "Turistas têm que experimentar várias vivências"

Carla Ribeiro

Paulo Pinto, presente na plateia das Jornadas Madeira 2019, desafiou a presidente da Câmara e o diretor-geral da Estalagem da Ponta do Sol a pensarem no turismo para além da hotelaria.

"As pessoas vêm para experienciar várias coisas. A Ponta do Sol não tem explorado algum potencial", defendeu. Devia haver uma interligação entre as várias atividades. Seria importante que se pudesse potenciar todos estes fatores, como defendeu. André Diogo disse não ter resposta de momento mas considerou que a Calheta, por exemplo, tem muito mais para dar. Vincou a importância de se criar uma praia para os turistas poderem entrar e evitar a poluição. "Estou a apelar ao mais básico que se pode dar a quem chega", acrescentou. Já Célia Pessegueiro, presidente da Câmara, garantiu que os pontassolenses são hospitaleiros e que tudo tem sido feito para os servir da melhor forma. Tem sido dada atenção à sinalética e ao espaço público agradável.