Jornadas JM: "A Ponta do Sol é sem dúvida um novo polo cultural", diz Célia Pessegueiro

Marco Milho

Aproveitando também para responder a André Diogo, que protagonizara a anterior intervenção, Célia Pessegueiro reforçou que a Ponta do Sol se assume como um novo polo cultural.

“A Ponta do Sol é sem dúvida um novo polo cultural”, disse, aludindo aos bares e restaurantes na vila, mas também às iniciativas desenvolvidas “pelas associações, que não vivem só do apoio municipal”.

O trabalho, “desenvolvido pelas associações, investidores privados, e também pela Câmara Municipal”, resultou em programas culturais diferenciados e ajustados aos diferentes públicos, frisou a autarca, que sublinhou ainda a atração de novos públicos.

Pessegueiro destacou ainda a gestão criteriosa de custos e a organização de festivais e eventos reconhecidos “lá fora”.