Escola da Ponta do Sol: Digital torna-nos mais “amigos do ambiente”

Cláudia Ornelas

É a primeira vez que a Escola Básica e Secundária da Ponta do Sol participa na iniciativa da eurodeputada Liliana Rodrigues, em parceria com a Secretaria Regional da Educação, através da Direção Geral da Educação.

Cinco alunos deste estabelecimento preparam-se para, no próximo dia 21 de novembro, participar na 3.ª edição das ‘Olimpíadas’. Após esta fase, três deles juntar-se-ão a sete colegas para desenvolverem uma curta-metragem em torno da questão ‘Que Futuro para a Europa?’. Um projeto que será apresentado no próximo dia 18 de março de 2019.

Questionada pelo motivo que a levou candidatar os seus alunos ao ‘IncluEuropa’, Anabela Viana respondeu que acha o projeto “interessante e enriquecedor”. Acrescentou que a viagem a Bruxelas - com a qual serão premiadas as equipas vencedoras das ‘Olimpíadas’ e das ‘Curtas’ e que inclui uma visita ao Parlamento Europeu, a decorrer entre os dias 3 e 5 de abril de 2018 - é um prémio “aliciante e motivador”.

Apesar de ainda não estarem definidos pormenores sobre a curta-metragem, a docente informa que a equipa, já escolhida, trabalhará no tempo definido para o Clube Europeu (45 minutos por semana).

João Nunes, de 17 anos, é um dos alunos que participam em ambas as vertentes do projeto. Questionado sobre o futuro da Europa, o estudante deseja que esta seja “mais coesa” e mais “virada para os problemas sociais” do que “para os económicos”.

Indagada acerca da transição dos meios tradicionais para o digital, um tema que tem sido alvo de debate nos países União Europeia, Laura dos Ramos, de 16 anos, defende que este é um processo que permite “a diminuição da utilização do papel”, tornando os cidadãos europeus “mais amigos do ambiente”. A estudante acrescenta que as tecnologias facilitam “o acesso à informação e documentação”, “independentemente da localização geográfica” dos utilizadores. A jovem conclui que a digitalização é uma forma de aliar a “inovação ao desenvolvimento”.

Os alunos desta escola que vão participar no ‘IncluEuropa’ têm idades compreendidas entre os 15 e os 17 anos e são os seguintes: Manuel Aguiar, Laura dos Ramos, Carlota Rodrigues, Diana Aguiar, João Nunes, Joana da Silva, Pedro Correia, Daniela Rodrigues, Carla Vieira, Ricardo Caldeira e Martin Correia.