Susana Prada e Jorge Carvalho apresentam projeto “Plantar o Futuro”

A secretária regional do Ambiente e dos Recursos Naturais e o secretário regional de Educação marcarão presença, amanhã (6 de novembro), na primeira ação do projeto “Plantar o Futuro”, que decorrerá na zona da Relva Negra – Paul da Serra, às 10h30, e na qual participarão 53 alunos do 11.º ano da Escola Básica e Secundária da Calheta.

“O Governo Regional criou um programa de Recuperação da Natureza e Educação Ambiental, designado “Plantar o Futuro” que visa, no âmbito da sensibilização e formação ambiental e de participação pública a recuperação da natureza, assim como, a recuperação florestal e respetiva biodiversidade de áreas degradadas (nomeadamente as áreas afetadas pelos incêndios); a ampliação da área de floresta nativa; um incremento do conhecimento, da consciencialização e consequente responsabilização individual ao nível do Património Natural da RAM e sua salvaguarda; um fortalecimento do movimento de cidadania ativa”, informa o Governo em nota de imprensa.

Este programa é dinamizado pela Secretaria Regional de Educação (SRE), tendo como parceiro a Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais através do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, IP-RAM.

O projeto baseia-se em ações de plantação, a decorrerem todas as terças e sextas-feiras de novembro a março (excluindo o período de férias), envolvendo 1889 alunos das 84 turmas que frequentam o 11º ano de escolaridade nas 15 escolas da Região Autónoma da Madeira com este nível de ensino.

Estas ações abrangem quatro zonas distintas da RAM, em áreas de gestão pública, nomeadamente quatro dias no Paul da Serra (zona da Relva Negra); 31 dias nas Serras de Santo António (Chão das Galinhas); um dia no Porto Santo e um dia em Santana (Achada do Teixeira).

Refira-se que todos os alunos vão receber material divulgativo associado ao projeto “Plantar o Futuro” produzido pela SRE e apoiado pelo Centro Comercial La Vie.

O IFCN, IP-RAM tem a responsabilidade de ceder as plantas e o material necessário para as ações de plantação e de dinamizar a ação de sensibilização e educação ambiental inerente a cada ação.

As diversas etapas do projeto envolvem elementos da Divisão da Formação e Comunicação, da Divisão de Florestação e Conservação dos Solos, elementos do Corpo de Vigilantes da Natureza e elementos do Corpo de Polícia Florestal.