"'Aterre na ilha ao lado e depois visite a Madeira' não é o melhor cartão de visita", diz Bernardo Trindade

Marco Milho

Bernardo Trindade não pôde estar presente no Fórum que decorre em Machico, com o título ‘A Importância do Aeroporto do Porto Santo nas Ligações Aéreas à Ilha da Madeira’. Mesmo assim, não deixou de dar a sua opinião, enquanto hoteleiro, através de uma nota.

Trindade considerou “muito importante” o papel do Porto Santo, sublinhando, no entanto, as fragilidades apontadas pelos técnicos, quer ao nível das infraestruturas do aeroporto, quer na capacidade de alojamento e transferes marítimos.

O administrador do Porto Bay Hotels & Resorts afirmou que “impõe-se, por isso, retomar os trabalhos do grupo que estuda o plano de contingência entre aeroportos”.

O antigo secretário de Estado do Turismo acredita ainda que “numa Região que depende do transporte aéreo para assegurar a viabilidade da sua atividade económica mais importante, dizer que aterre na ilha ao lado e depois visite a Madeira”, “não é o melhor cartão de visita”