Jornadas Madeira: Redefinição de freguesias “não faz qualquer sentido”, defende Rui Caetano

Catarina Gouveia

Rui Caetano, deputado do PS na Assembleia Regional, dirigiu-se a Miguel Pinto-Correia para dizer que a redefinição das freguesias por si sugerida “não faz qualquer sentido”, defendendo, por outro lado, a transferência de cada vez mais competências para as autarquias.

Dirigiu-se também ao deputado do PSD Carlos Rodrigues, que anteriormente alertou para a questão da desertificação que poderá levar ao desaparecimento natural das freguesias na Região, a responder oportunamente, em plenário, à questão: "o que andou o Governo do PSD a fazer ao longo do tempo, que fez com que a Madeira chegasse a este estado", debatendo-se com o "problema gravíssimo' da desertificação?"

Nesta temática, Miguel-Pinto Correia respondeu que internacionalmente há provas de que a extinção dessas 'separações', que se verifica em ilhas de jurisdição anglo saxónica, é favorável, porque isso não invalida que o Governo esteja igualmente próximo das populações.