Seminário JM: Que toda a população tenha acesso à prática desportiva

Está concluído o Seminário 'Direito do Desporto e Políticas Desportivas'. No fecho dos trabalhos, Jorge Carvalho relevou casos de enorme sucesso e prometeu manter sempre bem vivo o desafio no sentido de que “toda a população tenha acesso à prática desportiva”.

Com uma intervenção muito polémica, em que colocou em causa muito daquilo que pode ser considerado o edifício do desporto regional, Jorge Soares foi o derradeiro orador do Seminário 'Direito do Desporto e Políticas Desportivas', uma organização conjunta do JM e do Conselho Regional da Ordem dos Advogados, que decorreu ao longo de dois dias no Museu de Eletricidade da Madeira.

De resto, a intervenção do professor auxiliar da UMa, na área de Ciências Sociais e Educação Física e Desporto justificou a intervenção de David Gomes, diretor regional da Juventude e Desporto que, a partir da plateia, fez questão de justificar as razões de algumas das medidas colocadas em prática pelo Governo Regional.

A fechar o seminário esteve, protocolarmente, Jorge Carvalho, o secretário regional que tutela o desporto, bem com Brício Araújo, presidente do Conselho Regional da Ordem dos Advogados.

Na ocasião, Jorge Carvalho exaltou a “oportunidade deste evento e a pertinência da temática”. Lembrou que “a generalidade do dirigente desportivo é em regime de voluntariedade e é importante capacitá-los, também, com estes contributos”. O governante fez uma breve incursão pelo histórico da construção do atual modelo desportivo em pratica na Região, concluindo que “não tivesse existido esta intervenção, seguramente que não teríamos atletas como o João Rodrigues”, por exemplo. Lembrou ainda recentes palavras de Leonardo Jardim, para com o Governo Regional, em que “agradeceu a politica de destacamentos, porque sem ela não poderia ter se dedicado 12 anos à atividade técnica e ter atingido os patamares que hoje ocupa”.

E prometeu manter sempre bem vivo o desafio no sentido de que “toda a população tenha acesso à prática desportiva”.