Fórum Cibersegurança: Ataques cada vez mais dirigidos a serviços que afetam a população para engrandecer prestígio dos hackers

Catarina Gouveia

Vitorino Gouveia, especialista em segurança e proteção de dados da XIS Group, entende que desde o início de este ano se constata uma mudança de paradigma na motivação para um ciberataque.

Na sua intervenção no Fórum Cibersegurança que decorre esta sexta-feira na redação do JM, o responsável referiu que a maior parte dos ataques registados até ao ano passado eram essencialmente associados “a um objetivo financeiro”, de encriptar dados com o fim de extorquir dinheiro.

Só que “o paradigma mudou”, afirmou, sendo que mais recentemente, “temos vindo a assistir a ataques informáticos em que o principal objetivo é a negação de um serviço” para “engrandecer o prestígio dos hackers”, que têm como alvo os serviços com maior impacto junto da população em geral, como é disso exemplo os ataques à imprensa e a empresas de comunicações, para subir “nos rankings que existem na dark web”, explicou Vitorino Gouveia.