Quatro anos a governar “para todos os funchalenses”

Por Paula Abreu

A uma semana de celebrar o seu 50.º aniversário, Pedro Calado venceu a Câmara Municipal do Funchal, com uma vitória expressiva. Numa noite que começou com muita cautela, na sede de campanha, os resultados que iam saindo relativamente às Juntas de Freguesia – a coligação PSD/CDS conquistou nove de 10 -, a euforia ia tomando conta do lugar. De forma discreta, montavam-se fogo de artifício no telhado do edifício, as colunas de som iam ocupando espaço e as pessoas iam-se aglomerando.

Passavam poucos minutos das 23 horas, já se ouviam cânticos a ‘exigir’ a presença de Pedro Calado, que acompanhou os resultados eleitorais em família e com o núcleo duro dos seus apoiantes e amigos. O grande vencedor da noite chegou logo depois, abraçado por Miguel Albuquerque, presidente do PSD. A rua já estava pintada de laranja, um tom que já se estendia ao Largo do Município. “É tão bonito estar aqui à frente da Câmara Municipal do Funchal”, dizia, mais tarde, num discurso para os militantes e apoiantes que erguiam as bandeiras social-democratas e durante o qual também destacou a importância de o PSD ser unido e mais forte, como ficou demonstrado nestas eleições.

Antes, em declarações aos jornalistas, o próximo presidente da autarquia da capital madeirense prometeu que a sua governação será para todos os funchalenses, sem exceção, mesmo para os que não votaram no seu projeto. Prometeu cumprir o mandato de quatro anos até ao fim, esperando que, em 2025, os festejos sejam ainda maiores, com um aumento na percentagem de votos.

E prometeu também que “todas as Juntas de Freguesia serão tratadas por igual. Mesmo a Junta de Freguesia que não teve a maioria do PSD, Santa Maria Maior, será tratada da mesma forma. "Todas serão iguais para nós”.

Pedro Calado referiu ainda ter contactado Miguel Silva Gouveia, candidato pela coligação Confiança, depois de estar confirmada a sua eleição, para o cumprimentar, reconhecendo o trabalho árduo das duas campanhas. Calado transmitiu ainda a Miguel Gouveia a vontade de trabalhar “em conjunto” para construir “um Funchal melhor”.

Pedro Calado saudou ainda o líder do CDS por ter confiado na coligação ‘Funchal Sempre à Frente’, agradecendo ainda a toda a sua equipa e ao líder do PSD, por ter acreditado na sua lista.

"É uma vitória que acresce responsabilidade e vamos trabalhar já amanhã (hoje) para todos", continuou.

No seu regresso à Câmara, depois de ter sido vereador e vice-presidente, Pedro Calado anunciou que irá fazer algumas alterações. Fará uma presidência de proximidade com todas as freguesias, com quem manterá contactos frequentes. Aliás, disse que a governação será muito próxima à Assembleia Municipal, às Juntas de Freguesia e aos munícipes. “Podem apontar num papelinho as promessas que fizemos porque vamos cumprir”, afiançou ainda.

Foto Joana Sousa