Norberto Ribeiro anuncia requalificação da Frente Mar do Porto da Cruz

A candidatura “Juntos Somos Machico” assumiu hoje um novo compromisso, relacionado com o retomar de um projeto que o candidato à Câmara Municipal, Norberto Ribeiro, considera essencial para a maior dinamização económica e social da freguesia do Porto da Cruz: a requalificação da Frente Mar e a ligação entre a Praia da Alagoa e a Praia da Maiata.

Um projeto que o candidato reconhece ter ficado interrompido no passado, mas que, com as devidas adaptações e ajustes que derivam da auscultação levada a cabo junto da população, será para resolver, "de forma clara e objetiva", refere o PSD em comunicado.

“A par da obra do Cemitério do Porto da Cruz que, reitero, será a primeira a lançar assim que sejamos eleitos, a requalificação desta Frente Mar é, para nós, uma prioridade, tanto mais numa freguesia que tem vindo a crescer na sua procura e que merece outra dignidade e atenção” explica Norberto Ribeiro, vincando que “todos os investimentos que se assumam necessários para garantir que as nossas freguesias ganhem outra atratividade e desenvolvimento, serão feitos, até porque é desses investimentos que também depende a dinâmica económica que queremos imprimir, com benefícios diretos para o rendimento das nossas famílias e para toda a rede de comércio local”.

Norberto Ribeiro que, a par da atratividade, também destaca os benefícios que esta obra trará do ponto de vista das acessibilidades e mobilidade interna daquela freguesia. “Para recebermos bem, precisamos de estar bem e é em nome da população do Porto da Cruz que este investimento irá avançar, a par de outros que já assumimos para os próximos quatro anos”, assevera, criticando a inércia que tem caracterizado a atuação do Município, mas, também, da Junta de Freguesia local, nestes últimos anos, quanto ao que realmente é importante e falta concretizar na freguesia.

Candidato que, à margem desta visita, também teve oportunidade de contactar alguns dos pescadores locais, que apontaram críticas ao guincho colocado pela Câmara Municipal de Machico “que, pese embora os 100 mil euros investidos, não funciona nem corresponde às necessidades”, adiantando que, também aqui, irá garantir mais uma Grua ou uma de outra envergadura que efetivamente cumpra o seu papel. “Mais importante do que fazer investimento, é fazer investimento para dar resposta às necessidades e é também aqui que o Executivo de Machico tem falhado, pela forma avulsa e descoordenada com que toma decisões e nem se dá ao trabalho de perceber se as mesmas correspondem ao que a população efetivamente precisa”, disse.