Debate JM. Política diferenciadora para os concelhos do norte

Por David Spranger

Dinarte Fernandes diz que o novo secretário regional das Finanças ser de Santana, é uma boa notícia para o concelho, mas prefere esperar para ver.

Uma política fiscal diferenciadora para o norte é uma proposta do CDS. Agora com o CDS também no Governo, porque é que ainda essa matéria não avançou. Esta a questão colocada a ambos os candidatos, cujo os seus partidos são parceiros na governação da Região.

Dinarte Fernandes aborda esta matéria. O candidato do CDS disse que “acredito que estamos no bom caminho”, para que essa ação possa ser concertada.

Aliás, “tenho que ser intelectualmente honesto e é uma boa notícia para Santana o novo secretário das Finanças, ao contrário do que aconteceu muitos anos com o presidente da ALRAM que era de Santana e nada fazia”, deixando implícito que dispensa políticos do Funchal que vão ao fim de semana a Santana mandar apenas alguns bitaites.

Em relação ao candidato do PSD, João Paulo Luís, é taxativo: “tudo o que possa ser benéfico para atrair investimento, estamos de acordo”. Relevou ainda que “temos que nos unir e salvaguardar a nossa população”, e garantiu que o Governo Regional tem investido sempre em Santana.