Candidatos apresentam propostas para apoios aos jovens e aos idosos

Paula Abreu

O candidato socialista afirmou, no debate JM, que é preciso incentivar os jovens a estudar, mas com opções de regressarem à ilha dourada, que optem por áreas que lhes permitam sustentabilidade de vida na sua terra.

Defende ainda a criação de uma casa de criação de uma casa de inovação e juventude para terem acompanhamento a vários níveis.

Relativamente aos idosos, é defensor da criação de uma comissão de proteção do idoso, para terem um acompanhamento digno, principalmente aos que vivem sós em casa.

Já Nuno Batista entende que a licenciatura não pode ser vista apenas como a única saída profissional. “Temos de acabar com as falsas expetativas. Propusemo-nos a fazer um levantamento da empregabilidade do Porto Santo na próxima década. Para que estes saibam o que contar, sobre ofertas de emprego na ilha, como é o caso da obra da unidade de saúde local, que vai proporcionar 30 a 40 lugares de trabalho para pessoas formadas na área. É preciso falar com as pessoas, conhecer as áreas, e lhes dizer onde há oportunidade de emprego.

Sobre as medidas para os idosos, destacou o alargamento do Centro comunitário do Porto Santo, para além da Universidade sénior.