Debate JM: “Nos últimos 10 municípios do País em matéria ambiental”, Brício Araújo

Por David Spranger

O candidato do PSD/CDS não poupa o atual executivo de Santa Cruz nas práticas ambientais enquanto o recandidato do JPP diz que esse ranking refere-se a 2016, sendo ainda uma herança do PSD. Hoje, garante, é distinto.

A recolha de resíduos constitui uma das principais razões de queixa dos munícipes de Santa Cruz, gerando um debate que se alargou às perdas de água, uma das questões preocupantes no concelho.

O recandidato à presidência da autarquia diz que “pontualmente reconheço falhas, mas será alvo de grande investimento nos próximos quatro anos”, com Filipe Sousa reafirmando essa prioridade nas “perdas de água”.

Já o seu principal adversário, e opositor neste debate disse que no “ranking nacional santa Cruz está colocada entre os 10 piores municípios do país, em matéria ambiental”, falando num “claro desinvestimento” nesta matéria o atual executivo. Brício Araújo fala em “episódios de atasque ambientais que são preocupantes, especificando, por exemplo, os Reis Magos. “Oito anos no poder e nada feito”, sentenciou.

Filipe Sousa nega essa 10.ª posição nesse ranking. “Realmente foi publicado em 2019, mas os dados são de 2016”, associando essa realidade à herança recebida. “Se for ver agora, não sreá essa a posição”.