Jornadas Madeira 2021: Vera Duarte diz que quando o PSD apresenta propostas é a Democracia a funcionar e não vingança

Vera Duarte, deputada municipal do PSD, questionou Miguel Silva Gouveia sobre se não tem vergonha de executar apenas 30 a 40 por cento dos planos e orçamentos.

Nas Jornadas Madeira 2021, a deputada municipal considerou que o presidente da Câmara, na entrevista concedida ao JM, esqueceu-se de falar sobre muita coisa. Apontou, por exemplo, o ordenado do antigo administrado da empresa de habitação social Filipe Rebelo, que "vamos continuar a pagar". Falou também da antiga 'Felisberta', que continua por requalificar. "Quando o PSD apresenta propostas, quando o PSD reivindica, é a Democracia a funcionar. Não é uma coligação de Vingança. É a democracia a funcionar", disse em resposta a Miguel Silva Gouveia, que acusou, anteriormente, o PSD e o CDS de fazerem uma coligação de 'Vingança'. Miguel Silva Gouveia, que respondeu às dúvidas de Vera Duarte, referiu, por exemplo, que o facto de terem pegado no assunto 'Fesliberta' para dizer que a Câmara nada faz em termos de requalificação urbana não passa de um 'ftiche' do PSD que "já teve tantos outros".