Jornadas Madeira 2021: Boaventura vai abrir estrada entre a Fajã Grande e Achadinha de Baixo

Joaquim Camacho, presidente da Junta de Freguesia de Boaventura, na sua intervenção nas Jornadas Madeira 2021, manifestou “orgulho” pela oportunidade de estar à frente da freguesia.

Trabalho, dedicação, empenho e confiança são os pilares desde a sua eleição e que mantém para o futuro, anuncia Joaquim Camacho, que realçou todo o apoio do município, pois sem ele “não havia condições financeiras” para todos os trabalhos minuciosos necessários na recuperação e limpeza de veredas que atraem madeirenses e turistas à freguesia.

Lembrou a aposta no Trail da Boaventura e no evento Música nas Ruínas, iniciativas que promoveram o desporto, o convívio e momentos de animação entre a população.

Quanto às intempéries que assolaram a freguesia em dezembro, lembra que “desde o primeiro momento” a Junta de Freguesia esteve presente para acudir a população, que se encontra até hoje “a recuperar das feridas”.

No que toca a investimentos para o futuro, abordou a importância de abrir em breve a estrada entre o sitio da Fajã Grande e o sítio da Achadinha de Baixo, uma reivindicação que irá favorecer 12 famílias ali residentes. Foi nesse mesmo local que, lembra, os bombeiros tiveram “muita dificuldade em acudir a população atingida durante o temporal. Joaquim Camacho diz ter confrontado o presidente da Câmara Municipal de São Vicente, que o informou de que o projeto já existe e vai para o terreno dentro de algum tempo.

O presidente da Junta de Boaventura realça também a necessidade de intervir no edifício da Casa do Povo de Boaventura, a qual também preside. “Todos os eventos são dependentes desta infraestrutura”, afirmou.