Preço das casas na Madeira desce 0,6% durante o segundo trimestre de 2020

O preço da habitação na Região Autónoma da Madeira registou uma descida de 0,6% durante o segundo trimestre de 2020, situando-se em 1.557 euros/m2, segundo o índice de preços do idealista. A subida no último ano foi de 1,2%

De acordo com a mesma fonte, os 9 municipios analisados, Machico foi o que apresentou a maior subida (3,8%), seguido por Câmara de Lobos (2,4%) e Calheta (1,5%). Por outro lado, os preços desceram em São Vicente (-4,6%), Santa Cruz (-1,8%), Ponta do Sol (-0,8%) e Ribeira Brava (-0,4%).

Funchal apresentou um aumento de 0,5% custando o preço do metro quadrado 1.850 euros. As freguesias mais caras para comprar casa no Funchal são Sé (2.411€/m2), São Martinho (2.067€/m2) e Imaculado Coração de Maria (1.919€/m2). Por outro lado, as mais baratas são São Roque (1.254€/m2), Monte (1.315€/m2) e Santo António (1.354€/m2).

Em Porto Santo, os preços subiram 2,1% situando o preço do metro quadrado em 1.325€.

Em comparação com o resto do país, a habitação registou uma subida de 0,5% durante o mesmo período, situando-se em 2.070 euros/m2.

O relatório completo encontra-se em: https://www.idealista.pt/media/relatorios-preco-habitacao/venda/madeira-ilha/