Projeto 'Enoturismo.pt' promove ação na Madeira a 3 e 4 de abril

Iolanda Chaves

A Madeira vai receber nos dias 3 e 4 de abril uma das 15 ações de endomarking e benchmarking integradas no projeto Enoturismo.pt, que visam a criação de uma plataforma da orferta estruturada de enoturismo dos municípios.

Este projeto foi apresentado esta tarde no Funchal, associado a um outro que visa a implementação de um sistema de sinalização e informação inteligente em zonas turísticas para que, com o auxílio do telemóvel, os visitantes possam usufruir ao máximo da oferta enoturística do local onde se encontram.

A Associação dos Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) é a promotora destes dois projetos e, em parceria com a Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal, tem realizado desde o início do ano apresentações pelo território nacional dirigidas aos municípios e parceiros com interesse na promoção do enoturismo.

José Arruda, secretário geral da AMPV, congratulou-se com o facto de o Município do Porto Moniz ter solicitado a reintegração, depois uma saída que veio a revelar-se temporária. Câmara de Lobos e São Vicente são os outros concelhos que fazem parte das associação composta por 90 municípios portugueses produtores de vinho.

Na apresentação realizada no Funchal, nas instalações do IVBAM, na Rua 5 de Outubro, participou também o diretor da Inventrip, a empresa de software responsável pelo sistema de sinalização e informação inteligente associada ao projeto Enoturismo.pt