DBRS melhora 'rating' da Madeira e mantém o dos Açores

Lusa

A agência de notação DBRS Morningstar melhorou na sexta-feira o ‘rating’ da dívida da Região Autónoma da Madeira (RAM) e reiterou o dos Açores (RAA), mudando a tendência da primeira para estável e mantendo a segunda nesta classificação.

Em comunicado, a agência de ‘rating’ atribuiu a melhoria da nota da dívida da Madeira, de BB para BB (alto), à que tinha sido feita à da República, em 04 de outubro último, de BBB para BBB (alto), a qual, contudo, foi insuficiente para um resultado similar no da açoriana.

A DBRS Morningstar adiantou que a nota da RAM permanece sustentada na progressiva estabilização financeira, verificada nos últimos anos, e na melhoria dos indicadores de dívida, no controlo financeiro e apoio dado pelo Governo da República e pela crescente transparência orçamental das suas responsabilidades.

Já no caso dos Açores, a manutenção do rating em BBB (baixo), com perspetiva estável, foi justificada explicitamente pela agência de notação pela insuficiência de a melhoria do ‘rating’ da República provocar a mesma decisão em relação à nota da dívida da RAA.

A nota da dívida açoriana foi justificada pelo desempenho financeiro estável nos últimos cinco anos, pelo aumento marginal do rácio da dívida e pela inclusão no perímetro orçamental de rubricas relativas a serviços públicos, que estavam em empresas públicas regionais.

Entre os desafios estruturais da RAA, a DBRS Morningstar singularizou a transportadora aérea SATA entre várias empresas regionais, que continuam a apresentar fracos resultados financeiros, negativos inclusive, e a afetar a capacidade creditícia da região.