Papa convida jovens de todo o mundo a criar novo modelo económico

Lusa

O Papa Francisco convocou hoje jovens empresários e estudantes de Economia de todo o mundo para um encontro em Assis (centro de Itália), entre 26 e 28 de março de 2020 para idealizarem juntos uma mudança do modelo socioeconómico.

O líder da igreja católica publicou hoje uma carta destinada aos “jovens economistas, empresários e empresárias de todo o mundo” para convidá-los para este evento, que será denominado “Economia de Francisco”, em homenagem ao santo pobre de Assis, que fundou a Ordem dos Franciscanos, adiantou a EFE.

O objetivo é criar um modelo económico “diferente, que permita às pessoas viver e não matar, incluir e não excluir, humanizar e não desumanizar, cuidar da Criação e não depredar”, num evento que gere “um pacto” para mudar a economia atual.

“Queridos jovens, sei que são capazes de escutar com o coração os gritos cada vez mais angustiantes da Terra e dos seus pobres em busca de ajuda e de responsabilidade, que pedem que alguém responda e não vire a cara”, começa o Papa na missiva.

O Papa Francisco pediu aos jovens de todo o mundo que tenham a “coragem” de ser “protagonistas da mudança” e construtores de um mundo melhor.

Disse ainda que acredita que “as universidades, empresas e organizações são laboratórios de esperança para novas formas de compreender a economia e o progresso, combater a cultura do desperdício, dar voz a quem não tem nenhuma e propor novos estilos de vida”.

Para o encontro serão convidadas também não crentes ou crentes de outras confissões e nacionalidades, “homens de boa vontade”, refere ainda a carta.

As novas gerações vão poder ouvir os testemunhos de “alguns dos melhores especialistas em ciências económicas, assim como empresários e empresárias que já estão comprometidos a nível mundial com uma economia coerente com este ideal”.

A Santa Sé vai disponibilizar mais pormenores sobre o evento numa conferência de imprensa em 14 de maio.