Euro cai para mínimo de dois meses face ao dólar

Lusa

O euro depreciou-se hoje para um valor mínimo de dois meses, abaixo de 1,13 dólares, após a descida da rentabilidade da dívida soberana alemã e quando recomeçam negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

Às 18:10 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,1271 dólares, quando na sexta-feira quase à mesma hora negociava a 1,1330 dólares.

O dólar registou uma valorização em relação a numerosas divisas, sendo procurado como investimento de refúgio devido às dúvidas sobre a economia mundial.

A valorização do dólar ocorre também numa altura em que China e Estados Unidos se preparam para novas negociações comerciais.

A menos de três semanas do prazo fixado pelo Presidente norte-americano, Donald Trump, para a aplicação de novas tarifas a produtos com origem na China, a 01 de março, um representante norte-americano para o Comércio, Jeffrey Gerrish, iniciou em Pequim conversações preliminares, antes do início de uma nova ronda de negociações comerciais.

O euro, que regista hoje a sexta descida consecutiva, segue debilitado pela desaceleração económica nos países da moeda única, e pelas dúvidas em torno do 'Brexit' (saída britânica da União Europeia).