Casar no Porto Santo é um nicho de mercado a 'acarinhar'

JM

O facto de um hotel, no Porto Santo, fazer 25 casamentos num ano foi hoje enaltecido por Pedro Calado, na abertura da 10.ª edição do evento ‘Funchal Noivos & Festa’, promovido pela ACIF, que decorre este fim de semana, no Pestana Forum Casino.

Referindo que os tempos estão a mudar, culturamente, e as famílias estão recetivas a novas formas de celebração dos enlaces matrimoniais, o vice-presidente pensa que este um nicho de mercado a acarinhar, especialmente para a economia do Porto Santo marcada pela sazonalidade.
Pedro Calado destacou ainda a presença de empresários de diferentes setores de atividade, relacionados com a organização de eventos especiais, e a oportunidade que esta iniciativa proporciona no sentido de mostrarem os seus serviços.
São 24, os expositores presentes, nomeadamente espaços de festa, floristas, jóias, confeção de bolos, vestidos de noivas e fatos de noivo, animação, entre outros, uma boa oportunidade para os que querem casar ficarem com uma ideia das ofertas que estão no mercado, mas não só, pois também estas empresas estão preparadas para dar resposta a outros tipos de celebrações.
Hoje, a exposição decorre das 15h00 às 22h30, e, amanhã, das 15h00 às 21h00. Os ingressos custam 2 euros e podem ser adquiridos à entrada.

A criadora Lúcia Sousa, presença habitual neste evento, fará o seu desfile domingo pelas 19h30. Este momento será precedido da apresentação das propostas do criador Hugo Santos, que regressa, ao fim de quatro anos, à passarela do ‘Funchal Noivos & Eventos’.